[Ferramentas] 7 perguntas que todo empreendedor deve fazer sobre o futuro

Existe uma razão para esta quinta-feira (5) ser o “Dia do Empreendedor” e não o “Dia da Empresa”.

Surgiu de uma necessidade ou de uma vontade? Foi fruto da inquietação ou de uma oportunidade? Era a melhor alternativa ou a única saída? Seja qual for a razão que o trouxe até aqui, o mais importante é que agora você é um empreendedor. Parabéns! Hoje, 5 de outubro, é o seu dia.

E nós sabemos: esse não é um trabalho das 9h às 17h. Empreender é um estilo de vida. Ou você se entrega por inteiro ou os resultados podem vir pela metade.

POR ISSO, QUALQUER MUDANÇA OU EVOLUÇÃO DA SUA EMPRESA COMEÇA POR VOCÊ, EMPREENDEDOR.

O propósito do negócio é, antes de tudo, o que faz você levantar da cama todos os dias. A cultura da organização é formada a partir dos seus valores. O crescimento está ligado à sua ambição.

Sendo assim, reserve um tempo hoje para se questionar sobre a trajetória que você vem construindo. Deixamos aqui algumas provocações — com ferramentas que o ajudam a encontrar as respostas.

1) O que você desejava conquistar quando escolheu empreender?

Para você, empreender é um meio para conquistar o quê? Para muitos é autonomia, crescimento e liberdade. Para outros, é lucro, reconhecimento e poder. Pode ser também uma forma de transformar o mundo e criar algo maior que você. Essa pergunta não tem resposta certa ou errada. O mais importante é continuar se questionando. Até porque empresas abrem, fecham, pivotam. Mas você, empreendedor, precisa ter consciência do seu propósito: isso vai dar energia para continuar a jornada.

Use a ferramenta de Propósito Pessoal para guiar suas reflexões. Com ela, você será guiado para enxergar as verdadeiras razões que o levaram a empreender (e alinhar essa motivação à missão e à visão da sua empresa).

[Baixe a ferramenta]

2) Qual é a sua verdadeira batalha?

Nenhuma empresa nasceu para combater um líder de mercado e vencer a concorrência. Esse é o COMO ela atinge o seu propósito. A verdadeira luta está em desafiar as tradições e propor novos modos de viver. Para a MaxMilhas, é desafiar o mito de que viajar é caro e para poucos. Para a Geekie, é mostrar que a educação em escala também pode ser adaptativa e personalizada. Já para o dr.consulta, a luta é para salvar vidas, provando que é possível oferecer acesso à saúde por preços acessíveis.

E NA SUA EMPRESA, QUE BATALHA VOCÊS QUEREM VENCER?

Essa resposta vai ajudá-lo a responder em seguida mais duas perguntas: onde jogar e como vencer? Esses são os pilares da estratégia.

Conheça o novo curso de Planejamento Estratégico apresentado pelo mentor Daniel Castello e aprofunde-se em cada uma dessas perguntas para desenhar sua estratégia.

[Faça o curso]

3) Esse é o melhor uso possível do seu tempo?

A todo momento fazemos uma escolha: como eu posso usar o tempo que tenho disponível para fazer o melhor que eu puder?

Escrever um e-mail para a sua gerente de vendas é algo bom. Porém, conversar pessoalmente com ela pode ser muito melhor. Comer sozinho é bom. Mas almoçar com a sua equipe é melhor ainda.

Existem milhares de coisas que você poderia fazer nesse exato momento. Começar seu planejamento estratégico, rever os números do mês, conversar com um cliente, dar um feedback para uma pessoa da sua equipe…Mas qual é a “melhor” coisa que você poderia fazer agora?

Tenha isso em mente ao criar sua agenda da semana. E use a Matriz de Gestão do Tempo para priorizar o que é realmente importante para você e o seu negócio.

[Baixe a ferramenta]

4) Que decisões você precisa tomar hoje para construir uma empresa de 100 anos?

Tudo muda quando você passa a gerir sua empresa para que ela dure 100 anos. O crescimento precisa ser sustentável, mesmo que você tenha que recusar uma demanda imediata de um cliente. A cultura tem que ser forte para sobreviver por diferentes gerações de líderes. A participação do investidor é definida com cautela. E o plano de sucessão é pensado para que a empresa continue crescendo quando você sair da operação.

Se hoje a sua visão de futuro está muito associada à estratégia do seu negócio, é preciso fazer um Planejamento Estratégico Pessoal. Faça sua análise SWOT pessoal, encontre oportunidades para se desenvolver e trace um plano que possa alinhar as ambições do seu negócio com o que você deseja conquistar no futuro.

[Baixe a ferramenta]

5) Quando foi a última vez que você se sentiu em estado de fluxo?  

Artistas, músicos e empreendedores costumam se sentir assim. O fluxo é um estado mental de intensa concentração, quando você está tão focado no que faz que perde a noção da hora, do espaço e do mundo. Você abaixa a cabeça para fazer o que precisa ser feito e quando a levanta novamente não sabe se passaram 20 minutos ou duas horas. Nesse estado, você se sente extremamente motivado e usa suas competências e habilidades na máxima potência.

É natural que o tempo diminua esse estado de fluxo. Mas quem é empreendedor nato não consegue viver por muito tempo longe disso. Por isso, essa ferramenta chamada de Fluxo do Comportamento Empreendedor o ajuda a relembrar que atividades o fazem atingir o estágio máximo das suas habilidades pessoais e a manter a atitude empreendedora.

[Baixe a ferramenta]

6) Sua empresa está pronta para crescer 10 vezes mais?

Se um cliente batesse na sua porta hoje disposto a comprar 10 vezes mais o volume de mercadorias que ele compra hoje, você teria como entregar? Ou se sua empresa aparecesse em uma grande emissora hoje, o time de atendimento daria conta das ligações?

Daniel Pereira, fundador da Fala Clara, uma plataforma de mentoria virtual, conta que “escalar não é apenas o resultado de sorte, muito trabalho ou muito dinheiro para investir em marketing. Escalar é uma arte. É saber operar em alta frequência. É saber lidar com alto volume de operações de forma suave e com o menor número de recursos que você puder utilizar. “

Quem cresce, se prepara, estuda o mercado e estrutura a empresa. Para, então, pisar no acelerador.

O questionamento sobre o crescimento é tão fundamental que a Endeavor vai dedicar um evento inteiro só para te ajudar a encontrar essa resposta. No dia 27 de outubro, acontece o Scale-Up Summit, um evento online que reúne as empresas que mais crescem no país para colocar negócios e convicções à prova. Lembra da provocação lá de cima para você fazer o “melhor” uso possível do seu tempo? Com certeza, esse será um bom investimento.

[Faça sua inscrição]

7) Como você vai motivar o lavador de pratos?

Até aqui nossas provocações foram relacionadas a você e à estratégia da sua empresa. Mas não há estratégia que sobreviva sem um bom time para executá-la. Por isso, a motivação da sua equipe precisa ser preocupação sua.

Parece simples falar de engajamento quando seu funcionário tem plano de carreira, benefícios e um senso de propósito claro com seu trabalho. Mas, e no caso das profissões mais operacionais, em que essa relação não costuma ser tão direta? Para o consultor americano Bill Keena, só existe uma resposta correta para a pergunta acima.

“Se meu funcionário está sobrecarregado, eu vou arregaçar as mangas e começar a lavar os pratos junto com ele.”

Está aqui uma boa reflexão: eu sou o tipo de líder que ajuda a lavar a louça ou que aponta para os pratos que estão sujos? Nesse eBook, desconstruímos o mito do Líder Inspirador para trazê-lo à sua realidade com atividades práticas que podem envolver e motivar seu time em direção a um mesmo objetivo.

Leia mais em Endeavor @ https://endeavor.org.br/7-perguntas-que-todo-empreendedor-deveria-fazer-sobre-o-futuro-2/